Aviso de Riscos

O idioma oficial da Empresa é o inglês. Para entender abrangentemente as atividades da Empresa, é aconselhável consultar a versão em inglês do site. Traduções de informações para idiomas diferentes do inglês são fornecidas apenas para fins informativos e não possuem validade legal; a Empresa não é responsável pela precisão das informações fornecidas em outros idiomas.

AVISO SOBRE RISCOS ASSOCIADOS ÀS TRANSAÇÕES DE CÂMBIO E DERIVATIVOS

Este breve aviso é uma adição aos "Termos de Operações". O objetivo deste aviso não é enumerar todos os riscos e outros aspectos importantes das transações de câmbio e derivativos. Considerando os riscos, você não deve se envolver em transações com os produtos mencionados se não entender a natureza dos contratos em que está entrando, os aspectos legais dessas relações no contexto desses contratos ou a extensão de sua exposição ao risco. As transações de câmbio e derivativos envolvem um alto nível de risco e podem não ser adequadas para muitas pessoas. Você deve avaliar cuidadosamente a adequação de tais transações para si mesmo, levando em consideração sua experiência, objetivos, recursos financeiros e outros fatores importantes.

1. TRANSAÇÕES DE CÂMBIO E DERIVATIVOS

1.1 Negociação com alavancagem aumenta tanto os lucros potenciais quanto as perdas potenciais
Quanto menor o valor de depósito necessário (margem), maiores são os riscos de perdas potenciais se o mercado se mover desfavoravelmente para você. Em alguns casos, o valor de depósito necessário (margem) pode ser tão baixo quanto 0,5%. Observe que, ao negociar com alavancagem, suas perdas podem exceder seu pagamento inicial, havendo a possibilidade de perder um valor muito maior do que o que você investiu inicialmente. O valor do depósito inicial pode parecer pequeno em comparação com o valor dos contratos de câmbio ou derivativos, pois "alavancagem" ou "efeito multiplicador" é aplicado durante a negociação. Um movimento de mercado relativamente pequeno terá um impacto proporcionalmente maior nos valores depositados ou exigidos por você. Essa circunstância pode funcionar a seu favor ou contra você. Manter uma posição pode levar a perdas proporcionais ao valor do seu depósito (margem) e quaisquer quantias adicionais depositadas em sua conta da Empresa. Se o mercado se mover na direção oposta à sua posição e/ou se o valor da margem necessária aumentar, você poderá ser obrigado a depositar fundos adicionais rapidamente para manter sua posição. O não cumprimento do requisito de depósito adicional pode levar a Empresa a fechar sua(s) posição(ões) e você será responsável por quaisquer perdas ou déficits associados.

1.2 Ordens e Estratégias de Redução de Risco
Colocar certas ordens (como ordens de "stop-loss", se permitido pelas regulamentações locais, ou ordens de "stop-limit") que limitam o valor máximo de perda pode ser ineficaz se as condições de mercado tornarem a execução dessas ordens impossível (por exemplo, devido à falta de liquidez do mercado). Estratégias usando combinações de posições, como "spread" e "straddle", podem estar associadas a riscos não menores do que posições "longas" e "shorts" regulares.

2. RISCOS ADICIONAIS EM OPERAÇÕES DE MOEDA E DERIVATIVOS

2.1 Termos Contratuais
Antes de se envolver em negociações de moeda estrangeira ou derivativos, as pessoas devem entender os termos contratuais e as obrigações associadas. Isso inclui detalhes sobre requisitos de entrega para contratos futuros e datas de vencimento e restrições de execução para contratos de opções. Requisitos de bolsa ou câmara de compensação podem mudar sob certas circunstâncias para refletir mudanças de mercado.

2.2 Suspensão de Negociações e Interdependência de Preços
Determinadas situações de mercado ou regulamentações podem levar à suspensão ou limitação das negociações, aumentando o risco de perdas. A conexão entre os preços dos ativos e os preços dos derivativos nem sempre é lógica. A ausência de um preço de ativo subjacente confiável pode dificultar a avaliação justa.

2.3 Fundos e Ativos Depositados
Os traders devem estar cientes dos mecanismos de proteção relacionados a fundos e ativos depositados como garantia, especialmente em casos de insolvência ou falência de uma corretora. A capacidade de recuperar fundos e ativos pode depender de regulamentações e normas locais.
2.4 Taxas e Encargos
Compreender claramente todas as comissões, taxas e encargos é essencial, pois eles impactam o resultado financeiro geral (lucro ou prejuízo) das atividades de negociação.
2.5 Transações em Outras Jurisdições
Participar de transações em mercados de diferentes jurisdições envolve riscos adicionais. As regulamentações podem diferir, oferecendo menos proteção ao investidor. Órgãos reguladores locais podem não aplicar as regras estabelecidas por outras jurisdições onde ocorrem as negociações.
2.6 Riscos Cambiais
Lucros e perdas de contratos denominados em moeda estrangeira podem ser influenciados pelas flutuações das taxas de câmbio ao converter a moeda do contrato para a moeda da conta.
2.7 Riscos Relacionados à Liquidez
Riscos de liquidez podem afetar a capacidade de negociação. Um ativo pode não ser negociável quando desejado, e os requisitos de margem podem mudar diariamente com base nas flutuações do valor do ativo. O não cumprimento de chamadas de margem pode levar à liquidação da posição. Alguns traders podem fechar posições se a margem não for mantida, mesmo que uma posição esteja atualmente lucrativa. Os traders podem exigir pagamentos adicionais, geralmente com cartões de crédito, para manter a margem durante mercados voláteis.

É importante observar que esses pontos são considerações gerais relacionadas à negociação financeira e não constituem um aconselhamento financeiro personalizado. Indivíduos interessados em se envolver em operações de moeda estrangeira e negociação de derivativos devem procurar orientação de profissionais financeiros e entender completamente os riscos envolvidos antes de prosseguir.

2.8 Limitações de "Stop Loss"
Para mitigar perdas, muitos traders de contratos financeiros oferecem a opção de definir limites de "Stop Loss". Com esse recurso, suas posições são fechadas automaticamente quando o preço atinge o limite que você definiu. No entanto, em certos casos, os limites de "Stop Loss" podem ser ineficazes, como durante mudanças rápidas de preço ou quando o mercado está fechado. As limitações de "Stop Loss" nem sempre o protegerão de perdas.

2.9 Riscos Relacionados à Execução
Riscos relacionados à execução surgem do fato de que as negociações podem não ser executadas instantaneamente. Pode haver um intervalo de tempo entre a colocação de um pedido e sua execução. Durante esse período, o preço de mercado pode mudar desfavoravelmente. Se isso acontecer, o pedido pode ser executado a um preço que não atenda às suas expectativas. Alguns traders de contratos financeiros permitem a negociação mesmo quando o mercado está fechado. Lembre-se de que os preços exibidos para essas negociações podem diferir significativamente dos preços de fechamento finais do instrumento. Em muitos casos, os spreads podem ser maiores do que durante o horário de mercado.

2.10 Riscos da Contraparte
Riscos da contraparte envolvem a possibilidade de que o emissor do contrato financeiro, ou seja, sua contraparte, possa deixar de cumprir obrigações financeiras. Se seus fundos não forem adequadamente segregados dos fundos do trader e o trader enfrentar dificuldades financeiras, há o risco de você não receber os fundos devidos.

2.11 Sistemas de Negociação
A maioria dos sistemas de negociação "voz" e eletrônicos utiliza dispositivos de computador para roteamento de pedidos, operações de equilíbrio, registro de negociações e compensação. Como qualquer outro dispositivo e sistema, eles são suscetíveis a falhas e mau funcionamento temporários. Sua capacidade de recuperar certas perdas pode depender de limites de responsabilidade estabelecidos pelos provedores de sistema de negociação, bolsas, câmaras de compensação e/ou corretoras. Esses limites podem variar, e você deve consultar seu corretor para obter informações detalhadas.

2.12 Negociação Eletrônica
Negociar usando sistemas de comunicação eletrônica pode ser diferente não apenas da negociação "viva" nos mercados regulares, mas também de negociar usando outros sistemas de negociação eletrônica. Ao negociar em um sistema de comunicação eletrônica, você assume os riscos inerentes a esse sistema, incluindo falhas de hardware e software. Falhas do sistema podem resultar na execução do seu pedido de acordo com suas instruções, não execução do seu pedido em absoluto e na incapacidade de acessar continuamente informações sobre suas posições e atender a requisitos de margem.

2.13 Operações de Balcão
Em algumas jurisdições, as empresas podem se envolver em operações de balcão. Seu corretor pode atuar como contraparte para tais operações. A característica dessas operações reside na complexidade ou impossibilidade de fechar posições, avaliar valor e determinar preço justo ou exposição ao risco. Por esses motivos, essas operações podem apresentar riscos elevados. A regulamentação das operações de balcão pode ser menos rigorosa ou envolver um regime regulatório separado. Antes de se envolver nessas operações, você deve se familiarizar com suas regras e os riscos associados.